cartas da fazenda

Em 1987, Ana Primavesi começou a escrever as “Cartas da Fazenda” para a Revista Guia Rural Abril. Era a sessão mais lida da revista e a recordista em recebimento de cartas.

Os textos eram datilografados em sua antiga máquina de escrever,  no seu pequeno escritório na fazenda onde morava em Itaí, interior de São Paulo. Contava histórias da vida, da lida no campo, e davam aquela sensação de “prosear” numa manhã de domingo ensolarado tomando um café quentinho, quentinho (como ela sempre diz).