capítulo 8

Engenheira Agrônoma

e mestre aos 22 anos

Em novembro de 1942, Annemarie, com 22 anos, diplomou-se, tendo prestado gradualmente os exames. A Universidade a enviou novamente para um trabalho fora de Viena, ao sul da Estíria, em Reichenburg, para novas amostragens de solos.

Quando retornou, como assistente do professor Sekera, orientador de seu doutorado e uma das maiores autoridades da Boku, foi enviada pela Universidade para fazer estudos sobre a geada. A estação a que foi enviada, a de Giessen (Alemanha), era a mais moderna. A visita aos vinhedos compensava um pouco sua frustração (ela achava o plano de pesquisa entediante, mas não tinha opção, tinha que ir) e ela conheceu as plantações na Bélgica e nos vales dos rios Mosela (entre os limites da França, Luxemburgo e Alemanha), Main (Alemanha) e Reno (Alemanha e França).

Foi nesse período que Ana adquiriu a habilidade de detectar o tipo de solo em que foi plantada a uva de cada vinho europeu. Ao degustá-lo, ela percebia no fundo em que tipo de solo fora cultivado.

Share on facebook
Share on twitter

compartilhar